Arquivo VAGALUME

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

TRAVESSA JOSÉ MERCANTE

Foto: Walter Moreira Santos, em 02-mar-2008, do Jornal O Porta Voz.

A Travessa José Mercante, com Mercante escrito com "e", apesar do patrono ter sido registrado pelo nome italiano original com "i", Mercanti, conforme informações de seu primo, o saudoso jornalista Renato Mercante. A travessa fica no Bairro Jardim Beverly em Miracema. Tem início na Rua Camilo Mercante e término na Rua Estorgilda Dias Sentineli, sem ruas transversais. Seu patrono era conhecido por Noqueta.

A Lei no. 1159, de 22/10/2007:

"Dá nome de José Mercante a uma Via da Cidade.
A Câmara municipal de Miracema aprova e eu Prefeito Municipal sanciono a seguinte lei:
Art. 1º. – Fica denominada José Mercante a 1ª. (primeira) travessa situada entre as ruas Camilo Mercante e Estorgilda Dias Sentineli, ambas no bairro Jardim Beverly, nesta cidade.
Art. 2º. – Fica o prefeito autorizado a confeccionar a referida placa.
Art. 3º. – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA, 22 DE OUTUBRO DE 2007

Carlos Roberto de Freitas Medeiros
Prefeito Municipal de Miracema."


QUEM FOI JOSÉ MERCANTI?

Por seu primo, José Renato Martins Mercante (1956)

Nascido em Miracema-RJ, José Mercanti era mais conhecido por Noqueta. Filho de Alfredo Mercanti e Filomena Calcagni Mercanti. Neto-paterno de Luiggi Mercanti e Assunta Santini Mercanti. Teve 7 irmãos: Silvestre Mercante, Luiz Mercante Neto, Antônio Mercante (Argentino), Salvador Mercante (Piuça), Miguel Mercante (Iiete), Alfredo Mercante Filho (Neném) e Totita Mercante.

Casou-se com Lydia Barros Mercante (1914/?) e teve os seguintes filhos: Maria Aparecida, Maria das Graças, José Maurício, Maria Elizabeth, Pompéia e Maria Salete Barros Mercante (?/1981) falecida no mesmo acidente automobilístico que vitimou seu cunhado Luiz Fernando.

Começou a sua vida de trabalhador bem cedo, ainda rapaz, como alfaiate. Ensinou o ofício para os tradicionais alfaiates miracemenses Chiquinho e Antônio Montes. Segundo relatos de pessoas que usaram os serviços de José Mercanti, Noqueta, como era conhecido, seu trabalho era de primeiríssima qualidade.

Com os recursos que juntou, comprou o Sítio Panorama, na Divisa de Miracema com Laje do Muriaé, em sociedade com seus irmãos Silvestre e Salvador (Tiuça).

Com o dinheiro que juntaram, compraram e deram forma de grande indústria local à Cerâmica Miracema.


Foto sacada por mim em 26-dez-2006

Em seguida, José Mercanti e seus irmãos montaram a Fábrica de Ladrilhos Miracema e uma loja de materiais de construção que funcionava no mesmo imóvel.

Em 1982, após a morte prematura de seu genro, o saudoso deputado estadual Luiz Fernando Monteiro Linhares, de quem era sócio neste empreendimento, José Mercanti não mediu esforços e montou a Rádio Princesinha do Norte AM, na freqüência de 1530 KHZ, a primeira emissora de radiodifusão comercial de Miracema, única até o momento.

Paralelamente, José Mercanti, seu irmão Salvador Mercante e o primo Walace Mercante implantaram o maior loteamento urbano de Miracema, no bairro Demétrio, hoje, com centenas de unidades habitacionais. José Mercanti concedeu prazos e outras condições de pagamento especialíssimas para dezenas de famílias de baixa renda que o procuravam para adquirir um dos lotes.

Influenciado por seu genro, o deputado Luiz Fernando Linhares, e pouco mais de um ano após a morte dele, José Mercanti enveredou-se na política miracemense. Candidatou-se a Prefeito do Município em 1982, mas não se elegeu.

*****

Informações extraídas de Logradouros de Miracema, com atualizações de 01-jul-2011.

Nenhum comentário:

Seguidores VAGALUMES

VAGALUMES LIGADOS

Siga-nos

Siga-nos
É só clicar sobre o twitter

NOVIDADES VAGALUMES por e-mail

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Movimento dos Internautas Progressistas do Rio

Movimento dos Internautas Progressistas do Rio
#RIOBLOGPROG